domingo, 8 de fevereiro de 2009

Jô Soares - Compacto de 1963



Peguei uma garota, mordi-lhe a jugular
Ela, assustada, começou a gritar: Vampiro!

Uh, uh, uh, Vampiro, uh, uh, uh,
Me chamam de Vampiro porque gosto de morder a jugular
A jugular!

"Vampiro", com "O Volks do Ronaldo" no lado "B", é um dos compactos mais raros da história do rock brasileiro. Lançado em 1963, pelo selo paulista Farroupilha, registra a meteórica incursão do multimídia Jô Soares no gênero rock and roll.

A letra de "O Vampiro", de sua autoria, radicaliza a presença do humor nas letras do rock brasileiro, afastando-se da tradicional historieta amorosa.

A interpretação de Jô Soares, desenvolta e colorida, registra a marca do artista que conquistou o país nas décadas seguintes com seu humor criativo e inteligente.



JÔ SOARES
FARROUPILHA - FA103
Beat - Garage - 1963



Faixas:
Lado A
01- Vampiro

Lado B
02- O Volks do Ronaldo


Baixa
MOPHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário