quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Malice Mizer

http://www.ld50.hu/res/user_images/002/955/malice-mizer.jpg
O Malice Mizer é uma das mais conhecidas bandas do movimento japonês chamado Visual Kei. Sua influência foi tão grande que acabou por criar um novo estilo, chamado de Elegant, Gothic and Lolita ou Elegant, Gothic and Aristocratic.

A banda, criada em 1992 pelos guitarristas Mana e Kozi, se fundamenta em um questionamento básico: "O que é o ser humano?". Pergunta que é respondida pelo próprio nome da banda, que vem do francês e significa "maldade e mizéria". Segundo Mana, é essa a essência do ser humano.

A música do grupo possui uma influência gótica, de trilhas sonoras de antigos filmes de terror italianos, e da música erudita. O visual por muitas vezes é pesado e assustador, principalmente do guitarrista Mana, que lembra uma boneca de porcelana muito macabra. Os shows são teatrais e assustadores.

O Malice Mizer já teve três vocalistas, cada um figurou uma época bastante distinta. O primeiro, Tetsu, lançou apenas duas demoa, um álbum e um mini álbum: Sans Longique, Sadness/Speed of Desesperate, Memoire DX e Memoire. Nessa época a formação era: Mana e Kozi na guitarra, Tetsu no vocal, Yu~ki no baixo e Kami na bateria.

A segunda era foi a do vocalista Gackt. Época na qual o Malice Mizer ganhou fama, aparecendo em programas de TV, revistas e outras mídias. Foram lançados 8 singles - Uruwashiki kamen no shotaijo, Ma Chérie ~Itoshii kimi e~, Bel Air ~Kuhaku no toki no naka de~, Au Revoir, Gekka no yasoukyoku, Illuminati [ P-type ], Le Ciel ~Kuhaku no kanata e~, Saikai no chi to bara - , um curta-metragem - Verte Aile ~Kuuhaku no shunkan no naka de~ de l'image - e um álbum - Merveilles.

Com a banda chegando ao topo, Gackt anunciou sua saída. Logo depois o baterista Kami sofreu um derrame cerebral e morreu. Após uma mórbida pausa, os três membros restantes lançaram um novo single, Saikai No Chi To Bara e um CD em homenagem a Kami, Shinwa ~Kami's Memorial Box~.

A terceira fase se iniciou em 2000, com a entrada de um novo vocalista, Klaha, um ex-cantor de ópera. Com isso a banda ganhou uma sonoridade mais obscura e lançou cinco singles - Kyomu no naka de no yuugi, hiroi Hada Ni Kuruai To Kanashimi No Wamai (Rondo), Gardenia, Beast Of Blood e Garnet —Kindan no Sono e -, um álbum – Bara no Seidou e o curta metragem Bara No Konrei, ligeiramente baseado na história de Drácula.

Em 11 de de Dezembro de 2001 o Malice Mizer anunciou que entraria em um hiatus indefinido de suas atividades, que acabou por se mostrar um fim para a banda.

Curiosidades:
- O Malice Mizer possui algumas músicas em ritmo de bossa nova;
- Mana possui uma grife chamada Moi-même-Moitié. As roupas são todas no estilo EGA e EGL;
- A música Transylvania foi inspirada no livro "Entrevista com o Vampiro" de Anne

Gackt's First Live [ Album ]

1. Transylvanis

2. Ma chérie ~Itoshii Kimi e~

3. Môya ni kakaru tsuki no shirabe

4. Miwaku no Tango

5. Itsuwari no Musetté

6. Uruwashiki Kamen no Shoutaijo

7. N.p.s N.g.s. ~No pains No gains~

8. Kioku to Sora

9. Shi no Butou ~A romance of the Cendrillion~

10. EGEE kai ni sasagu ~The Vaulti of Heaven~

11. APRES MIDI -Aru Paris no Gogo de-

12. Baroque

13. Zencho

14. Shojô no hitomi ni utsuru

15. Seraph

Part1

Part2

http://i155.photobucket.com/albums/s284/krizalidash/Malice%20Mizer/GACKTSFIRSTLIVE.jpg

3 comentários:

  1. Aceita parceria com meu blog?
    http://barairo-rose.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. nasci humana mas não aceito. vejo o que os humanos fazem uns aos outros! me sinto fora do contexto literalmente.................

    ResponderExcluir
  3. Primeiro, eu queria parabenizar a postagem, pois é sempre bacana ler coisas sobre a nossa banda favorita. Sou músico, e um grande fã da banda, ao lado do projeto solo de Mana-Sama, o Moi dix Mois, há alguns anos, e não deixei de reparar em certos equivocos cometidos. Como, tanto Saikai chi to bara, e morte de Kami foram ocorridas após a saída de Gackt, em seu projeto solo. Tanto Saikai, quanto as músicas posteriores que se encaixaram no Bara no seidou, seu derradeiro álbum, foram provenientes da trágica morte do baterista, e da adoção de um novo estilo musical.

    ResponderExcluir